quinta-feira, 26 de abril de 2012

Pra quê?

 Pra quê amar se no final o resultado é sempre esse?

terça-feira, 24 de abril de 2012

A Voz da espera



As Mensagens que não foram entregues.
Que podiam ter acalentado um coração triste.
Palavras que poderiam ter transformado uma lágrima em sorriso.
Que mesmo sendo palavras distantes, se fariam presentes como um abraço e trariam calor ao frio.
Como o sol em um dia cinzento e de chuva.
Mas as palavras não foram ditas, sentimentos  bons não foram postos pra fora e continuamos sendo quem somos...
Humanos.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Só.

É estranho vagar na bruma!
Cada sarça, cada pedra está só,
Nenhuma árvore vê a outra
Cada um estar só.

Cheio de amigos era para mim o mundo
Quando ainda clara era minha vida.
Agora a bruma cai
Mas nenhum é visível.

Na verdade ninguém é sábio
Desconhecendo a obscuridade
Inextricável e acolchoada
Que o separa de tudo.

É estranho vagar na bruma!
A vida é solidão,
Ninguém conhece seu próximo,
Cada um está só.

Hermann Hesse

domingo, 15 de abril de 2012

Dia do Desenhista 2




Mais desenhos antigos, nesses usei um pouco do estilo mangá.

Dia do Desenhista







Hoje 15 de abril é dia do desenhista, e como faço uns rabiscos desde que me conheço por gente, resolvi comemorar postando muitos desenhos meus antigos aqui, alguns estão bem feios, mas espero que gostem de alguns.